Terça-feira, 27 de Dezembro de 2011

Com menos festas de Reveillon 2012 nas ruas, organizadas pelas câmaras municipais, e a crise a obrigar os portugueses a apertarem ‘os cordões à bolsa’ – as previsões apontam para uma quebra de 30 por cento na procura – as unidades hoteleiras do Algarve prepararam um conjunto de pacotes promocionais para atrair os turistas na Passagem de Ano 2012. No geral, as descidas são assumidas, relativamente a outros anos, mas também há unidades esgotadas.

 

"No Real Marina, em Olhão, já não temos vagas. Em Albufeira, no Grande Real Santa Eulália, estamos a 70%", disse ontem ao CM Lourenço Ribeiro, responsável pelos hotéis Grande Real. Nesta última unidade, o pacote para o réveillon 2012 custa 295 euros. "Esperamos ainda aproximarmo-nos da ocupação do ano passado", acrescenta.

Nestas, como em outras unidades, as direcções optaram por juntar, no preço final, benefícios como o acesso aos SPA dos hotéis e mais refeições, para além do jantar de réveillon. Em alguns casos, o valor que antes era cobrado, apenas pelo jantar de passagem de ano, agora passou a incluir o quarto.

Pedro Lopes, do grupo Pestana, reconhece que as unidades "registam uma descida a rondar os 10%" em relação ao último réveillon 2010-2011. Nos três hotéis que o grupo mantém abertos nesta altura – Viking, em Armação de Pêra, Dom João II, no Alvor, e Palm Garden, no Carvoeiro – as propostas variam entre os 132 e os 249 euros. No Sheraton Algarve, em Albufeira, é esperado praticamente o mesmo número de clientes do ano passado. "Até ao momento, temos registado os níveis normais de procura para esta altura do ano", explicou Ana Pinto, porta-voz do resort.

DISCURSO DIRECTO

"ESTES PREÇOS ERAM SÓ PARA O JANTAR", Elidérico Viegas, Presidente da AHETA 

Correio da Manhã – Houve uma redução de preços nos hotéis?

Elidérico Viegas – É óbvio que houve. Face a uma menor procura, foi necessário reduzir os preços para atrair as pessoas.

– Os pacotes para a passagem de ano variam entre os 130 e os 300 euros. Não é o normal?

– São valores que, em outros anos, eram apenas para o jantar de réveillon. Agora incluem quarto e outros benefícios.

– Apesar da quebra na procura, o Algarve vai ter muita gente na noite de passagem de ano?

– Sim, temos quebras mas há zonas do País onde o cenário é pior. O Algarve continua a ser o destino por excelência dos portugueses que passam o Ano Novo fora de casa.

SHERATON PROMETE NOITE MEMORÁVEL

O Sheraton, em Albufeira, promete uma noite de passagem de ano 2012 memorável no seu programa de gala. Cocktail de boas-vindas, jantar gourmet, música ao vivo, fogos-de-artifício e ‘after party’, por 265 euros. 

PROMOÇÕES SÓ COM ESTADIA MAIS LONGA

Pelo facto de o réveillon 2012 se celebrar num fim-de-semana, os visitantes tendem a ficar menos noites nos hotéis. Para combater esse fenómeno, diversas unidades optaram por apenas oferecer promoções a quem ficar duas ou mais noites. 

TURISMO RURAL COM OPÇÃO MAIS CALMA

Para fugir aos grandes centros turísticos, há diversas opções pela serra algarvia. É o caso do hotel rural Quinta dos Poetas, no concelho de Olhão, onde o réveillon, com alojamento, custa 125 €.

CRISE CORTA FESTAS EM ÉVORA E PORTALEGRE

Das três capitais de distrito do Alentejo, apenas Beja dá as boas--vindas ao novo ano com uma noite musical ao ar livre e gratuita, na Praça da República. ‘Boa Disposição’ é o mote para esta noite, que pretende reunir, uma vez mais, os bejenses no centro da cidade.

A diversão arranca cerca das 23h00 com o grupo Chave D’Ouro, seguido pelos ‘Sonido Andaluz’, que actuam até às 03h00 da madrugada do Ano Novo. O final da noite de Reveillon 2012 é animado pelo Dj Mikas. A Câmara de Beja estabeleceu parcerias com os restaurantes e bares para que seja possível a diversão pela noite dentro. Évora e Portalegre não têm passagens de ano públicas.

No litoral alentejano, a maior animação está programada para Tróia, onde os municípios de Setúbal e de Grândola se juntam, pela primeira vez, para assinalar, durante 36 horas, a passagem de ano. ‘Final de Ano Azul’ é a proposta das duas câmaras, que se associam ao Tróia Resort, com fogo-de-artifício, música, teatro e exposições nas margens do rio Sado, das 09h00 de sábado, 31 de Dezembro, às 21h00 de domingo, 1 de Janeiro.

COMÉRCIO PAGOU AUREA EM ALBUFEIRA

O concerto de Aurea em Albufeira só vai ser uma realidade porque os comerciantes locais angariaram 90 mil euros para garantir a festa. "É um investimento e não uma despesa", referiu João Rosado, da ACRAL.

CHAVE D'OURO E SONIDO ANDALUZ

Os Chave D’ Ouro, conhecidos pelo tema ‘Quem é o pai da criança’, são a atracção da passagem de ano em Beja. Começam a actuação pelas 23h00 e entram no ano 2012. Depois, avançam os Sonido Andaluz.

AUTARQUIAS COM MENOS VERBAS PARA O RÉVEILLON

Com menos dinheiro, grande parte das autarquias abdicou de realizar festa de réveillon 2012 na rua ou cortou no investimento. Mesmo assim, destaque para a presença de Paulo Gonzo, em Monte Gordo, no dia 30, e de Baby Lores, a 31, ou para o concerto com vários grupos e DJ em Faro. Muitos municípios mantêm o tradicional fogo-de-artifício, mas com menos duração do que em outros anos.

Fonte: http://www.cmjornal.xl.pt



publicado por ma às 09:30 | link do post | comentar

posts recentes

Reveillon 2012 Peniche

Passagem de Ano 2012 em L...

Passagem de Ano 2012 no D...

Reveillon 2012 Portugal

Reveillon 2012 em Angola

Reveillon 2012 Vigo

Reveillon 2012 grátis

Reveillon 2012 - Hotéis

Reveillon 2012 São Paulo

Reveillon 2012 em Portimã...

arquivos

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Fevereiro 2011

Reveillon 2013

Política de Privacidade

subscrever feeds